Profissional de saúde encontrado morto em lixão marcou encontro por app antes de sumir no ES

Profissional de saúde encontrado morto em lixão marcou encontro por app antes de sumir no ES

O profissional de saúde Luciano Martins, de 46 anos, encontrado morto neste domingo (23) em um lixão no bairro Civit, na Serra, na Grande Vitória, marcou um encontro por aplicativo antes ser considerado desaparecido, segunda a família. Até a publicação desta reportagem, ninguém havia sido detido.

De acordo com um amigo que não quis se identificar, Luciano era homossexual e marcava os encontros com recorrência por meio de aplicativos de relacionamento. O profissional foi visto pela última vez na noite de sexta-feira (21) por uma sobrinha.

“Ele marcou esse encontro com uma pessoa, trouxe essa pessoa desconhecida para dentro de casa. Eles provavelmente tiveram algum tipo de relação e, logo depois, a pessoa armada acabou coagindo ele a sair de casa com o carro e levou até um local isolado”, relatou o amigo.

O filho de Luciano, o consultor de tecnologia Luan Silva Martins, disse que ainda não há informações precisas sobre com quem o pai teria marcado o encontro de aplicativo.

“Esses aplicativos são muito repentinos, na mesma hora que você não tem [nada marcado], você pode encontrar alguma coisa e sair. Ele teria marcado de última hora. Além disso, esse aplicativo, que é para relacionamentos homossexuais, é muito volátil. Ou seja, o pessoa consegue excluir informações e excluir conversas e, quando faz isso, o conteúdo é excluído para os dois usuários”, comentou Luan.

Fonte: G1